News and Articles of interest

Como deve ser o calçado para pé diabético?

Novas competências vão ser uma realidade no âmbito do projeto Europeu: DiaSHOE - Formação digital para controlo do pé diabético

O CTCP coordena o projeto DiaSHOE, um projeto de formação europeu que visa informar e orientar os fabricantes de calçado, pacientes, cuidadores informais, profissionais de saúde e vendedores de calçado para melhor enfrentar este problema por via da prevenção e desenvolvimento de novas competências. Este projeto teve início em outubro de 2020 e tem a duração de 24 meses. Parceiros de Portugal, Espanha, Alemanha, Bélgica, Polónia, República Checa e Roménia estão a dar os primeiros passos para a criação de conteúdos formativos para os fabricantes de calçado, mas também para vendedores, técnicos de saúde e utilizadores deste tipo de calçado.

Para apoiar este trabalho de levantamento de necessidade especificas está a ser promovido um inquérito às empresas de calçado, nestes 7 países. A colaboração de empresas portuguesas neste inquérito é essencial. Por favor preencha o inquérito AQUI.

Porquê este projeto? As estatísticas mostram que em 2019, a diabetes afetou 463 milhões de pessoas em todo o mundo. Na Europa, existem cerca de 60 milhões de pessoas com diagnosticadas com diabetes, o que representa quase 8% da população europeia. Complicações associadas à diabetes nos membros inferiores, como o Síndrome do Pé Diabético (SPD), são frequentes. Relatórios de médicos especializados indicam que o uso de calçado inadequado contribui para as complicações do SPD. O objetivo geral do projeto é informar e orientar os fabricantes de calçado, pacientes, cuidadores informais, profissionais de saúde e vendedores de calçado para melhor enfrentar este problema por via da prevenção e desenvolvimento de novas competências.

Objetivos O projeto centra-se na ligação entre o Síndrome do Pé Diabético e o calçado e espera dar uma contribuição importante para: • Aumentar a consciencialização sobre o SPD e as complicações associadas ao cuidado e controlo inadequados do pé diabético; • Atualizar a oferta formativa para o setor do calçado relacionada com conteúdos específicos vinculados ao Controlo do Pé Diabético (CPD) pela via da utilização de calçado adequado; • Melhorar a qualidade de vida das pessoas com diabetes; • Divulgar resultados de iniciativas práticas existentes em projetos anteriores de I&D.

Resultados Esperados: O projeto produzirá 3 cursos online para diferentes grupos-alvo: • Designers, técnicos de calçado e gestores de produto; • Técnicos de saúde e assistentes de venda a retalho de calçado; • Pacientes, as suas famílias, cuidadores informais e professores / educadores nas escolas

Stay updated with Project news”

Subscribe Newsletter